Saiba como o Desenho Animado começou no Brasil:

Bem vindu!
Aqui você fica sabendo como é feito um desenho animado tradicional (2D), suas etapas e sua evolução. Algumas biografias resumidas do pessoal da
animação. Aqui tem art concept, layouts, story boards, models, memórias, repertório de Glória Costa animadora e seu professor e amigo, o animador Mario Lantana, links de animação. Vai encontrar também ilustrações de Glória Costa. Curiosidades e muito mais!

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Uma Arte Exigente

Glória  estava no Departamento dos Quadrinhos da Mauricio de Sousa fazia mais de um ano e só passavam para ela os passatempos para fazer. Era uma tarefa onde, por conta própria tinha que criar os joguinhos e desenhá-los. Fazia vários e muitos acabavam sendo deixados de lado e uns poucos era arte-finalizados e publicados nas revistinhas da Turma da Mônica. Haviam mais dois estagiários que haviam começado com ela, Marinho e Marião. 
Os tres treinando e sem publicar nada. Ainda que estivesse criando todo o layout da página,  para Glória estava faltando algo, aquilo não era o que queria fazer. Queria algo mais!  

De volta do almoço, de volta aos passatempos, de repente o Maurício entra e pede a atenção de todos. Ele vinha com mais algumas pessoas do departamento de merchandising. Eles se espalharam e começou uma reunião. E a notícia que nos foi passada era que o Maurício assinara contrato com a Embrafilme para fazer filmes de animação! E ele começou a explicar que no começo do ano seguinte estaríamos em plena produção para entregar um longa metragem de animação clássica até o final do ano para ser posto nos cinemas para o Natal.


Após todas as explicações, a estagiária Glória, que nem fazia ideia que no Brasil se faziam desenhos animados, mas que era a sua paixão por ter vistos os filmes da Disney e as matinês com Tom e Jerry, levantou a mão para perguntar.
- Estagiários podem participar desse trabalho?
Todos a olharam com expressões surpresas.

Mas surpreendente mesmo foi descobrir que não havia mulheres no mercado de animação na época. Uma delas que viera antes, a Geni, casara e deixara a profissão. 

Depois foi a descoberta da animação em si. Na época era tudo artesanal e todos precisavam ter uma criatividade e capacidade de improviso para solucionar efeitos da forma mais inusitada. As letras animadas eram filetadas e o filetista tinha que ser muito bom. Para ser animador ou mesmo assistente de animação era preciso treino e muita observação. ser capaz de se integrar na equipe e fazer o mesmo personagem do "model sheet" era imprescindível. Capacidade de desenhar o movimento, ter noção de tempo e tudo era feito à mão. Primeiramente no papel e depois filetava-se cada folha de papel transferindo para um acetato. 
depois do filete as cores produzidas no próprio estúdio com tinta de parede de boa qualidade e com corantes dosados por um dos integrantes da equipe de arte final. Cenários eram pintados em papel Fabriano ou Schoeller. 
Equipe grande prazos curtos muito trabalho e muita criatividade para tudo sair  no prazo.. ou quase! As produções eram intensas e sempre se varava noite para entregar no prazo estabelecido, às vezes faltavam 2 horas para entrar no ar e a película chegava do laboratório para checagem para ver se tudo saíra de acordo com o planejado nos storyboards e se as falas coincidiam com os lábios dos personagens. 
Se houvesse um erro sequer, outra filmagem era feita. E outra revelação na Kodak e... enquanto isso corriam levar o filme imperfeito para cumprir o prazo de entrega com a promessa de voltar dali 24 horas com outro rolo corrigido. E outra noite insone até a correção ficar pronta e ser entregue o novo rolo de filme 35mm.

4 comentários:

  1. Olá Glória, me chamo Bruna e sou estudante de Publicidade e Propaganda na PUCRS. Estou fazendo meu TCC sobre Concept Art em animações para publicidade e gostaria de saber se poderia entrar em contato com você e falar um pouco a respeito do assunto.
    Concept é um assunto muito dificil de se encontrar embasamento teórico a respeito e o ideal seria se eu pudesse entrar em contato com profissionais da área, especialmente alguém que atue em publicidade. Teria como você me contatar via e-mail para podermos conversar?

    Obrigada!

    Bruna Richter - bruna.rich@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna!

      contato feito, espero saber do seu sucesso depois. Abs

      Excluir
  2. Invitación - E
    Soy brasileño.
    Pasei acá leendo , y visitando su blog.
    También tengo un, sólo que mucho más simple.
    Estoy invitando a visitarme, y si es posible seguir juntos por ellos y con ellos. Siempre me gustó escribir, exponer y compartir mis ideas con las personas, independientemente de su clase Social, Creed Religiosa, Orientación Sexual, o la Etnicidad.
    A mí, lo que es nuestro interés el intercambio de ideas, y, pensamientos.
    Estoy ahí en mi Simpleton espacio, esperando.
    Y yo ya estoy siguiendo tu blog.
    Fortaleza, la Paz, Amistad y felicidad
    para ti, un abrazo desde Brasil.
    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá José María!
      Sou brasileira também... rs. E lutadora, agradeço a visita, vou passear no seu site para conhecê-lo. Abs

      Excluir